Zé Grande, personalidade de Miguel Couto - Uma História de Superação e Sucesso

Zé Grande, personalidade de Miguel Couto - Uma História de Superação e Sucesso

Saiu de uma infância simples para se tornar um dos maiores comerciantes da região.

A vida do seu José Profirio Rodrigues, conhecido por todos como Zé Grande, dono da loja Zé Grande Materiais de Construção, localizada no bairro Miguel Couto, em Nova Iguaçu é um exemplo a ser seguido, principalmente, para as pessoas que reclamam que não têm oportunidade por falta de estudo. Está aí um homem que só estudou até a 2ª série do primário e se tornou referência, tanto na região quanto em várias partes do Brasil por onde passou, na época em que era caminhoneiro.

Nas palavras do próprio Zé Grande, no entanto, seu maior patrimônio é o respeito e admiração que desperta em seus dois filhos, Laryssa e Guto: “O que mais importa na vida de um homem é o legado de ser do bem, o exemplo que ele deixa para seus filhos, e isso posso agradecer a Deus: por ter me presenteado com filhos maravilhosos. E ter conseguido chegar onde estou sem nunca ter trapaceado ou passado alguém para traz, sempre de cabeça erguida e comprando o que posso pagar” - se orgulha Zé Grande.

 De origem simples, de uma família numerosa, de onze filhos, nascido em Vassouras, Zé Grande conta que começou a trabalhar aos oito anos de idade. Seus pais se mudaram para Nova Iguaçu há cinquenta e oito anos; naquela ocasião, Zé Grande tinha apenas onze anos.

Teve várias ocupações: borracheiro, frentista, balconista, trocador de ônibus e ajudante de caminhoneiro, e finalmente caminhoneiro, quando conheceu boa parte do Brasil. Rodou o país de norte a sul, até chegar a Miguel Couto, há cerca de 32 anos. Foi então que resolveu montar, aqui, um depósito de madeira.

Ele relembra que ao terminar de construir um galpão e um pequeno escritório, no local onde hoje é a loja, sobrou algum material de construção. Os clientes da madeireira viam o material no local e iam pedindo, meio metro de areia para um, tantas varas de ferro para outro e assim ele foi vendendo. “Acabaram as sobras e as pessoas foram pedindo e eu fui comprando mais materiais para atendê-las. Foi assim, que surgiu a loja Zé Grande Materiais de Construção, aqui no bairro Miguel Couto”, recorda seu José Profirio, fazendo questão de dizer que continuou vendendo madeira, também. 

Hoje, aos 68 anos de idade, mesmo diante dessa emocionante trajetória, José Profirio não perdeu a simplicidade e sua essência de homem empreendedor. Agora, cercado por dezenas de funcionários, tem nos filhos Laryssa e Guto o apoio e ajuda necessária para administrar os negócios.  

Mas, homem de ação, é ele quem continua firme na direção. Todas as manhãs faz questão de estar ao lado dos funcionários, num farto café da manhã por ele oferecido. “Desde quando comecei, que faço questão de manter esse contato mais próximo de todos”, conclui Zé Grande, homem digno que, tendo cursado a faculdade da vida, é fonte de inspiração e exemplo vivo de que podemos alcançar objetivos, cumprir nossos ideais e realizar nossos sonhos, bastando, para isso, lutar a cada dia com respeito e dignidade.

Reportagem:
Zezé Reis
(21) 99391-7043

Seu sofá está sujo?

CHAME QUEM MAIS ENTENDE DO ASSUNTO!

Tels.: (21) 99148-1513 WhatsApp